segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Região Nordeste




A região Nordeste tem o terceiro maior território entre as regiões do brasil. Ela possui a  População de 53.078.137  habitantes, e abrange os Estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe.
A região possui um grande fluxo de turistas já que possui praias belíssimas e costumes, festas únicas, bem tradicionais  que todos querem conhecer!
Vamos viajar para o nordeste do país agora?


Lenda da região Nordeste

Lenda Bumba-meu-boi:. A escrava Catirina (ou Catarina), grávida, que pede ao marido Chico (ou Pai Francisco) para que mate o boi mais bonito da fazenda porque quer comer a sua língua. Ele atende ao desejo da mulher e é preso pelo seu feitor, que tenta a todo custo ressuscitar o boi, com a ajuda de curandeiros. Boi revivido, tudo acaba em festa.

Danças típicas da região nordeste

Vocês sabem que o Nordeste é uma região danada de alegre e as danças acompanham esse ritmo, olha só:
BUMBA-MEU-BOI: é uma dança misturada com teatro  do folclore  popular brasileiro, com personagens humanos e animais fantásticos, que gira em torno da morte e ressurreição de um boi. Hoje em dia é muito popular e conhecida.


MARACATU: era utilizado para homenagear a coroação do rei e nas festas religiosas, que integravam os escravos à cultura européia, tornando-se mais tarde, após a abolição dos escravos, uma manifestação carnavalesca. A coreografia mista compõe passos parecidos com o frevo e candomblé baiano, misturados com sons percussivos e coros.


FREVO: é a dança e a música típica do carnaval de rua em Recife/Olinda no nordeste do país. Esta dança é muito rítmica com coreografia individual e passos rápidos. As dançarinas vestem roupas coloridas e carregam um pequeno guarda-chuva. Originalmente, esta dança não usou nenhumas letras mas confiou unicamente no som dos instrumentos.


Se depois de assistir essa dança você também adorou o frevo, que tal deixar esse desenho bem bonito? é so´ imprimir e pintar bem bonito!!!


CAPOEIRA: A capoeira é um misto de dança, luta e expressão corporal, o som predominante é do instrumento berimbau e as palmas dos participantes


berimbau


Se você também adora capoeira e o som de berimbau, aproveite e deixe esse desenho bem colorido!
é só imprimir e pintar bem bonito!!! Mãos à obra!


Culinária
Hummm que cheirinho bom !!!!!!!
O Nordeste também é cheio de comidinhas gostosas. Se quiser experimentá-las peça para a mamãe fazer a receita abaixo e Bom Apetite!!!!!!!!

Bolo de mandioca
Ingredientes do bolo de mandioca
1kg de massa de mandioca
3 xícaras de açúcar
300gr de manteiga ou margarina
250ml de leite de coco
5 ovos
Pitada de sal


Como preparar:
Primeiro Passo: Lavar, escorrer em saco de pano, deixar secar e peneirar a mandioca
Segundo passo: Bater a manteiga com o açúcar, acrescentar os ovos um a um, o sal, o leite de côco e por último a mandioca. Misturar bem.
Terceiro passo: Untar uma forma de furo no meio, despejar a massa e levar a assar em forno pré-aquecido a 220°C por cerca de 40 minutos ou até que esteja dourado.
São comidas típicas do Nordeste também:
Cocada

Tapioca
Pé-de-moleque

Frutos do mar

Hummmmmmm .. já estamos com fome só de olhar pra essas delícias!!!


você também ficou? então vamos brincar de cozinheiro? é só clicar no link abaixo e preparar um delicioso camarão com alho! Só não se esqueça de guardar um pouco para nós!!!

Jogo de Culinária:

http://www.ojogos.com.br/jogo/Culinaria-da-Sara-Camarao-com-Alho.html


Brincadeiras

Se você não sabe do que brincar com seus amigos, quando não tem computador ou televisão vocês ficam perdidos e não sabem do que brincar, o Nordeste tem muitas brincadeiras típicas que aposto que você vai gostar de brincar!!! Que tal reunir a molecada e brincar de baleado? Ou de sorriso milionário? Ou de macaco foi a feira? Salada-mista?

Baleado: Baleado é um tipo de queimada. Para brincar, o grupo é divido em duas equipes. As duas equipes tiram par ou ímpar  para saber quem começa com a bola. O objetivo é balear (queimar) o time adversário, mas só do joelho para cima. Se a bola pegar do joelho para baixo a jogada deve ser repetida. Quem for baleado vai para o mofo (área que fica atrás do campo do time adversário). Mas quem está no mofo pode tentar pegar as bolas que escapam e, caso consiga pegar, deve tentar balear as pessoas que estão na sua frente, que são os membros do time adversário. Se ele conseguir, imediatamente se salva e pode voltar para seu campo, enquanto o baleado vai para o mofo do outro time. A brincadeira só termina quando todos os integrantes de umas das equipes estiverem no mofo.

Sorriso milionário: Para que a brincadeira funcione é preciso ter pelo menos quatro participantes, bexigas vazias ou folhas de árvore. Cada um fica com três bexigas e todos têm que ficar andando, se misturando. Quando alguém gritar “pára”, cada participante deve correr para frente de outro e fazer palhaçadas. O outro tem que ficar parado, sem rir. Quem rir perde uma bexiga. O desafio vai se repetindo e quem fica sem bexigas sai da brincadeira. Quem tiver mais ganha. Não vale fazer cócegas para o outro rir.

Salada mista: Todos os participantes fazem uma roda e um deles fica do lado de fora. Ele tem que dar voltas em torno dos outros colocando a mão na cabeça de cada um dizendo seu nome e uma fruta como no exemplo: “Natal, eu disse pêra, João, eu disse uva, Leonardo, eu disse maçã, Naiara, eu disse salada, Cristina, eu disse mista”. Quando a criança disser “mista” a pessoa escolhida sai da roda e recomeça a brincadeira.

Macaco foi à feira: Duas pessoas batem a corda e a terceira fica no meio, pulando e recitando os versos: “O macaco foi à feira, não teve o que comprar. Comprou uma cadeira pra comadre se sentar. A cadeira esborrachou. Coitada da comadre, foi parar no corredor.” Quem segura a corda vai aumentando e diminuindo a velocidade. Ganha quem demorar mais para errar (ou tropeçar).

Cacique: Uma pessoa se esconde em algum lugar. Ela é o índio. Os outros participantes ficam sentados em um círculo. Uma das pessoas do círculo é escolhida para ser o cacique e fazer movimentos que os outros devem repetir. O cacique deve mudar os movimentos e o índio, chamado de volta à roda, tem três chances para adivinhar quem é o cacique. Se ele errar, paga uma prenda.

Brinquedo

Bumba-meu-boi de sucata

Materiais:

Palitos de sorvete
Rolo de papel higiênico
Pote de danoninho
Lantejoula
Papéis coloridos
Cola
Tesoura

Pegue os palitos de sorvete e quebre no meio. Em seguida cole os palitos no rolo de papel higiênico para formar as patas do boi.
Recorte o pote de Danoninho para obter o formato da cabeça do boi. Note que a parte debaixo é arredondada.



  
Cole lantejoulas escuras para criar o focinho do boi.  
Cole os olhos nas laterais da cabeça.
Desenhe chifres em papel cartão preto e cole-os atras das orelhas do boi.



Recorte um pedaço de papel colorido (maleável) no tamanho de 15 cm x 10 cm para criar a capa do boi.
Decore a capa com lantejoulas, paetês e fitas.


Ficou lindo não é?


Você sabia que...

  • Você sabia que o sertanejo nordestino cultua duas figuras entre si contemporâneas? o Padre Cícero Romão Batista,o Padim Cisso como o seu norte místico Virgulino Ferreira da Silva. O Lampião , como o seu herói.
Quer conhecer um pouquinho mais a história desses personagens?
PADRE CÍCERO - Padre Cícero Romão Batista, foi, além de sacerdote, condição que impunha respeito,um poderoso chefe político, de muita influência.
O Padre Cícero nasceu na cidade do Crato (CE), em 24 de março de 1.844 e faleceu aos 90 anos, em Juazeiro do Norte, no dia 29 de julho de 1934.
Era considerado pelos moradores um santo, pois segundo as pessoas, ele realizava milagres.

LAMPIÃO - Virgulino Ferreira da Silva conhecidocomo Lampião, nasceu em 04 de junho de 1898, no sertão de Pernambuco, no sítio Passagem das Pedras,
no município de Vila Bela, atualmente Serra Talhada,e foi assassinado numa emboscada, feita pela policia, na caatinga do município de Angicos, Estado de Sergipe,em 20 de julho de 1934, portanto, aos 36 anos de idade.
Depois de ser um trabalhador honesto, um sertanejo de bem, não encontrou outra alternativa senão integrar-se ao cangaço, cansado de tanta perseguição política e de presenciar e ser vítima da sanha dos coronéis. Seu ingresso no cangaço iniciou-se para vingar a morte de seu pai, José Ferreira, homem calmo e reconhecidamente pacato.


Uma curiosidade: Lampião não atacava o Estado do Ceará, em respeito ao Padre Cícero.



  • Você sabia que...quem nasce no Estado de alagoas é chamado de Alagoano?
    Você sabia que... o famoso Acarajé é uma comida típica da Bahia?
    Você sabia que... a Paraíba é o maior exportador  de castanha-de-caju?
    Você sabia que muitos dos ditos populares que conhecemos tiveram origem no Nordeste?
Vale mais pão duro que figo maduro
Urubu quando está infeliz cai de costas e quebra o nariz
Se queres ser bom juiz, ouve o que cada um diz.
Ri-se o roto do esfarrapado e o sujo do mal lavado.
Quem não pode com mandinga não carrega patuá
Ninguém toca flauta e chupa cana ao mesmo tempo.
Mais fácil é o burro perguntar do que o sábio responder
De pensar morreu um burro.
Antes fanhoso que sem nariz.
A amar e a rezar ninguém se pode obrigar.
  • Você sabia que o nordestino tem um jeito único de se expressar e as vezes usa gírias que o pessoal da região Norte, Sul não entende? Então, para quando encontrar um nordestino já saber muito do que ele fala vamos conhecer o dicionário abaixo: 
ABESTALHADO – bobo, besta, pateta.
ALMA DE GATO – Sujeito que gosta de aprontar, tranquino, treloso.
AMARRAR A CABRA – Embriagar-se, ficar de porre.

AMARRAR O JEGUE – ir embora.

AMOSTRADO – pessoa que gosta de aparecer, chamar a atenção.

APERREADO – Preocupado, com problemas, agoniado, situação de Stress, apoquentado, nervoso, em aperto financeiro.
AVEXADO – Apressado, afobado.
BOROCOXÔ – algo sem muito valor, desgastado. Ex.: Esse livro ta muito borocoxô.
CABRA BOM – (Ou caba bom ). Sujeito agradável, atencioso, educado, gentil.

CABRA DA PESTE – Homem forte, decidido. Referente a um homem ou menino de boa índole
DE JEITO MANEIRA – de modo algum.
 ESTAR NO RATO – pessoa que está há muito tempo sem namorada(o) ou afins.
LINGUA TRELOSA – pessoa que gosta muito de zuar, que fala besteira.
 MAINHA – o mesmo que mamãe; diminutivo de mamãezinha
VENDE ATÉ CASA PEGANDO FOGO – Sujeito com lábia, conversador


   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário